Anúncio



Biografias - Emídio Matias Pinto

Emídio Pinto

EMÍDIO PINTO, guarda-redes e capitão do Clube Desportivo de Paço de Arcos e da selecção Nacional de hóquei em patins, modalidade que muito honrou e prestigiou, por via das suas excepcionais qualidades de jogador e de desportista.

Admirado e respeitado por todos que o conheceram, disfrutou, nos diversos meios em que
se inseriu, dum excepcional pestígio.

Às suas inexcedíveis qualidades técnicas, aliou qualidades de carácter, inteligência, cultura e de "comando", raramente reunidas na mesma pessoa, sabendo aplicá-las numa actividade em que todas elas serviram para oferecer às massas um exemplo de virtudes.

Representou o C. D. PA. durante quinze anos, sempre com rara elegância e exemplar isen-
ção. O desporto e o País muito lhe ficaram devendo.

Foi e será eternamente um dos grandes orgulhos de Paço de Arcos.

EMÍDIO PINTO nasceu em Paço de Arcos em 28 de Setembro e 1923 e faleceu em 24 de Setembro de 1982.

Começou a jogar hóquei em patins em 1 de Janeiro de 1939, ainda não tinha 16 anos. Primeiro pelo Paço de Arcos Hóquei Clube, de 1939 até 1944, e depois pelo Clube Desportivo de Paço de Arcos, de 1945 até 1953.

Foi um dos fundadores do PA. H.C. (sócio n.° 107 e do C. D. PA. (sócion.°8). Despediu-se da actividade no dia 27 de Junho de 1953, no Pavilhão dos Desportos de Lisboa, hoje Pavilhão "Carlos Lopes", num festival em que o Paço de Arcos venceu a selecção Paulistana (S. Paulo/Brasil) por 9-3.

Do seu brilhantíssimo curriculum consta:

Campeão de Lisboa:1943/44/46/47/48/49 e 1952
Campeão Nacional:1942/44/45/46/47 e 1948
Campeão da Europa:1947/48/49/50 e 1952
Campeão do Mundo:1947/48/49/50 e 1952
Vice-Capeão da Europa e do Mundo:1951 e 1953
Torneio das Nações (Montreux)1947 e 1949
Taça de Honra do Sul:1943/44/46/48/49 e 1950
Taça de Outono:1943
Torneio de Abertura:1944 e 1945
Torneio Internacional de Lisboa:1953

Foi homenageado em: Paço de Arcos (2/7/1953); Porto, (4/7/1953); Braga (5/7/1953); Tomar
(11/7/1953).

Para além disto, EMÍDIO PINTO foi: 95 vezes internacional e seleccionador nacional de hóquei em patins. Treinador de juniores do C. D. PA. (1947) e dos principiantes (1951). Intérprete de gala do Grupo Cénico do Clube, actuando com grande êxito nas peças "As Duas Causas" e "Multa Provável". Membro da Secção Cultural é um dos fundadores do "Boletim Mensal".

Sócio Benemérito do C. D. PA. Membro da Comissão do Pavilhão.

Condecorações: Medalha de Mérito Desportivo; Medalha de Mérito da Federação Portuguesa de Patinagem; Medalha de Ouro de "Bons Serviços" da Câmara Municipal de Oeiras. Medalha de Ouro da Cidade do Porto. Medalha de Ouro de Mérito e Dedicação do C. D. PA.

Diploma Internacional de Hóquei em Patins de Melhor guarda-redes do Mundo.

(Extractos do livro: "História do Clube Desportivo de Paço de Arcos de 1921 a 1991")

Sem comentários

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Com tecnologia do Blogger.