CD Paço de Arcos bate Valongo em jogo de nervos

Mais uma jornada, mais um jogo de nervos. Se for assim até ao final da época que seja… Desde que isso culmine na nossa manutenção na divisão principal do hóquei em patins.




A História dita que os confrontos com o Valongo são sempre muito disputados. Este jogo juntou-se a esse rol. A primeira parte foi interessante, mas só uma vez foi temperada com um golo, sendo que as equipas recolheram às cabinas com os valonguenses na liderança.

A palestra no balneário surtiu efeito. Filipe Fernandes (duas vezes) e Nelson Ribeiro fizeram o CD Paço de Arcos dar a volta ao marcador. Vencendo por 3-1, Luís Duarte poderia optar pelo jogo mais cínico que tanto lhe agrada, mas em apenas 30 segundos o conjunto nortenho voltou a empatar a partida.

O cronómetro aproximava-se do zero, mas o CD Paço de Arcos acabou por ser mais feliz. Foi o controlo emocional dos nosso jogos que ganhou o jogo: um desacerto de um jogador do Valongo levou ‘Rafa’ para a marca do livre direto e, este, apesar de só ter quatro segundos para arrecadar três pontos, esteve à altura do desafio, marcando o golo da vitória.

Ficha de jogo

Pavilhão do Clube Desportivo de Paço de Arcos. 7/12/2019; 20:00

CD Paço de Arcos 4 - 3 AD Valongo

CDPA: Diogo Rodrigues ‘Matraco’, Énio Abreu; Tiago Gouveia, Pedro Vaz, ‘Rafa’ Lourenço, Pedro Batista, Filipe Fernandes, Nelson Ribeiro, Bruno Frade, João Mendes.

Treinador: Luís Duarte

Marcadores: Filipe Fernandes (2), Nelson Ribeiro, ‘Rafa’ Lourenço.

Disciplina: nada a assinalar.

Sem comentários

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

Com tecnologia do Blogger.